quinta-feira, 30 de julho de 2015

Qual entre os dois é o mentiroso: Jesus ou Barrabás, Cristo ou Lutero?.

Filhos das trevas (protestantes) contra os Filhos da luz (Católicos)

Chama-se Protestantismo o conjunto de seitas provenientes da revolta de Lutero.
Que significa e exprime esse nome?
Significa que os seus adeptos protestam. E contra que? – Contra e doutrina da Igreja Católica,
Apostólica, Romana.
E quando começou este protesto?
No século quatorze; é de origem relativamente nova, pois data de quase catorze séculos depois do
aparecimento da Religião Católica Romana, fundada por Jesus Cristo.
E por que protestou Lutero?
Para se vingar do Papa que não se curvara perante os caprichos do herege. Asseveram os
protestantes ter sido motivo do rompimento deles contra a Igreja Romana o ter esta se desviado
dos ensinamentos de Cristo. Seria verídica esta afirmação?...
Eis-nos perante uma destas conclusões, verdadeiro dilema: ou Cristo é mentiroso, ou Lutero é
falso, pois ambos, como haveremos de verificar, se contradizem reciprocamente em toda linha.

QUAL O MENTIROSO?

Disse Jesus a Pedro: - “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do
inferno (os seres e as paixões) não prevalecerão contra ela” (Mat. XVI,18). E, mais explícito e
categórico ainda, o Cristo prossegue: - “Foi-me dado todo o poder no céu e na terra; ide, pois,
(revestidos deste poder), e instruí a todos os povos... ensinando-os a observar as coisas que vos
tenho mandado. E eis que ESTOU convosco todos os dias, até a consumação dos séculos”. (Mat.
28,18-20).

Nada mais claro e positivo. O Cristo, Deus, estará com o chefe dos Apóstolos até ao fim dos
tempos. Quer isto dizer que a Igreja existirá eternamente na pureza e na firmeza de sua fé, que
será infalível, pois jamais sucumbirá ao peso das falsidades e paixões. Tal é a forma promessa de
Jesus. No entanto, Lutero e, após ele, os seus filhos e netos, denominados protestantes, falam que
a instituição de Cristo decaiu de sua altura divina, tornando-se um antro de vícios e explorações. E,
por isso, quis o monge de Wittemberg reformá-la.
Qual, pois, o mentiroso? O Divino Mestre ou o frade revoltoso e os seus asseclas?
Raciocinemos. Se a Igreja sucumbiu, pela influência do erro e das paixões, como afirmam, então
temos três enormes mentiras atribuídas a Jesus: 1ª.: as portas do inferno prevaleceram contra ela,
apesar da afirmação contrária de Cristo; 2ª. : Pedro deixou de ser PEDRA, para se fazer lodo; 3ª. :
Cristo abandonou a Igreja, depois de garantir que ficaria com ela até o fim dos tempos. Respondam
os protestantes: qual entre os dois é o mentiroso: Jesus ou Barrabás, Cristo ou Lutero?...

 (Pe. Júlio Maria, S.D.N. O DIABO, LUTERO E O PROTESTANTISMO)


Nenhum comentário:

Postar um comentário