domingo, 23 de agosto de 2015

NOVENA DAS ALMAS DO PURGATÓRIO

NOVENA DAS ALMAS DO PURGATÓRIO

Em que se ganham muitas indulgências.





Oração I

Ó Senhor meu, Jesus Christo, eu vos adoro suspendido nessa Cruz, suportando a coroa de espinhos em vossa sacrossanta cabeça; eu vos rogo que essa nobilíssima Cruz seja o escudo que me livre dos castigos da vossa Justiça. Amém.
Padre Nosso e Ave Maria.

ORAÇÃO II

Ó Senhor meu, Jesus Christo, eu vos adoro nessa Cruz, ferido e chagado, onde vos deram a beber fel e vinagre e sobre a maior amargura de meus pecados; eu vos rogo que essas vossas preciosas chagas sejam o remédio e cura da minha alma. Amém.
Padre Nosso e Ave Maria.

ORAÇÃO III

Ó Senhor meu, Jesus Christo, por aquele amarga dor, que por mim, miserável pecador, sofrestes na Cruz, principalmente naquela hora em que vossa alma nobilíssima saiu de vosso bendito corpo; eu vos rogo que tenhais misericórdia de minha alma, quando sair deste miserável mundo e a leveis a gozar a vida eterna. Amém.
Padre Nosso e Ave Maria.

ORAÇÃO IV

Ó Senhor meu, Jesus Christo, eu avos adoro colocado no Sepulcro, ungido com mirra e bálsamos odoríferos; eu vos rogo que vossa preciosa morte seja minha ditosa vida. Amém.
Padre Nosso e Ave Maria.

ORAÇÃO V

Ó Senhor meu, Jesus Christo  eu vos adoro descendo ao Limbo para livrar as almas, que estavam esperando a vossa vinda; eu vos rogo que não permitais que minha alma entre naquelas infernais prisões e escuros cárceres. Amém.
Padre Nosso e Ave Maria.

ORAÇÃO VI.

Ó Senhor meu, Jesus Christo, eu vos adoro ressuscitando de entre os mortos, subindo ao Céu e assentado à mão direita do vosso Eterno Pai; eu vos rogo que me façais merecedor de vos seguir à eterna glória e de ser conduzido a vossa presença. Amém.
Padre Nosso e Ave Maria.

ORAÇÃO VII.

Ó Senhor meu, Jesus Christo, Pastor benigno, conservai os justos em graça, justificai os pecadores, compadecei-vos de todos os fiéis e favorecei amoroso a este grande pecador. Amém.

ORAÇÃO VIII.

Ó Senhor meu, Jesus Christo, eu vos adoro vindo a juízo, chamando os justos ao Paraíso, e condenando os pecadores; eu vos rogo que a vossa dolorosa Paixão nos livre daquelas penas, e por ela nos leveis à vida eterna. Amém.
Padre Nosso e Ave Maria.

ORAÇÃO IX.

Ó Amantíssimo Pai, eu vos ofereço a inocente Morte de vosso precioso Filho, e o amor do seu Divino Coração por toda a culpa e pena, que eu, miserável pecador, e o mais depravado de todos, por minhas culpas mereci, e por todos os meus conhecidos e amigos, vivos e falecidos; eu vos rogo que tenhais misericórdia de nós. Amém.
Padre Nosso e Ave Maria.

PARA OBTER A INTERCESSÃO DE S. GREGÓRIO PAPA.

Ó Senhor meu, Jesus Christo, que admiravelmente revelastes o mistério de vossa santíssima Paixão ao vosso bem-aventurado servo São Gregório; peço-vos que concedais a mim, miserável pecador, a alcançar perfeitamente aquela remissão de pecados, que o mesmo vosso venerável Pontífice, com abundante autoridade apostólica, liberalmente concedeu a todos os que verdadeiramente se arrependessem, e meditassem na vossa Paixão. Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.

OFERECIMENTO.

Essas orações de São Gregório, Padre Nossos e Ave Marias, que tenho rezado, uno aos sagrados merecimentos da Paixão e Morte de meu Senhor Jesus Christo, a quem peço as receba em desconto e satisfação de minhas culpas e pecados, confirmando o que São Gregório e outros Pontífices têm concedido a quem as rezar diante da imagem do mesmo Senhor, e de tudo quanto ganhar, é minha vontade, que Deus, Nosso Senhor, aplique o que for mais da minha obrigação e de seu santo serviço, honra e glória. 

ORAÇÃO PELAS ALMAS DO PURGATÓRIO.

Ó Deus de toda a consolação, autor da salvação das almas! Tende piedade das que estão padecendo no Purgatório, e concedei-lhes, como total livramento de seus penas, a felicidade que em outro tempo prometestes ao vosso servo Abraão e a sua posteridade. compadecei-vos, Senhor, de seus sofrimentos, e esquecei-vos das faltas que a fragilidade da nossa natureza lhes fez algumas vezes cometer. Tirai-as daquele lugar de suplício e de trevas, e ponde-as em um lugar de descanso e de luz. Atendei, Deus meu, à humilde súplica que vos faço, e concedei esta graça de perfeito livramento àquelas almas, pelas quais sou particularmente obrigado a rogar. Eu vô-Lo peço pelo Sagrado Nome e pelos infinitos merecimentos daquele que se encarregou de satisfazer por nós todos, e que vive e reina convosco por todos os séculos. Amém.

Fonte: Livro "Caminho Reto e Seguro para Chegar ao Céu",




Nenhum comentário:

Postar um comentário