segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Santo Antônio e o controle sobre o tempo

  Num dia festivo, em Limoges, Santo Antônio pediu licença para pregar numa igreja paroquial. 
  Como era imensa a sua fama,o povo deslocou-se para o local, mas o recinto era pequeno para acolher toda aquela gente e foi obrigado a pregar em praça pública.
 Mal havia começado o sermão, o céu escureceu e muitos relâmpagos e trovões anunciavam uma grande tempestade.
 O povo, atemorizado, começou a murmurar e já se dispunham a sair dali em busca de abrigo.
 Mas Santo Antônio pediu silêncio e, em nome de Deus, assegurou que não choveria naquele local, recomendando a todos que ficassem atentos à pregação. Tranqüilizados, os fiéis ouviram o sermão até o fim. 
 Quando se retiravam para suas casas, verificaram com muita admiração, que embora estivesse perfeitamente seco o local da pregação, toda a redondeza estava completamente alagada pela chuva da forte tempestade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário