quinta-feira, 13 de agosto de 2015

VIII. O Desdobramento — Profecia Carismática — Mensagem de Medjugorje de 9 de maio de 1985

O Desdobramento

Um outro desdobramento da árvore Carismática, que não podemos deixar passar despercebido é o fenômeno conhecido pelos seus seguidores como “Movimento Mariano” e pra quem está do lado de fora como “Aparição Mania”. Apesar de uma profunda avaliação desse aspecto não ser o objetivo desse artigo, os frutos maiores e mais venenosos deverão certamente ser demonstrados. Maiores considerações a respeito podem ser encontrados no livro de Michael Davis “Medjugorje — A Warning”.

Os Carismáticos sempre tiveram um lugar especial (mas não muito especial) para a Bem-aventurada Virgem, chamando-a de “a Primeira Carismática”, aquela que “concebeu pelo poder do Espírito Santo” e que “estava presente no Cenáculo quando os discípulos de Jesus ficaram cheios do Espírito Santo”.




Como muitos Carismáticos admitem, o Movimento Mariano estava começando a minguar por volta do início da década de 80. Mas de repente as assim chamadas aparições começaram a pipocar em diferentes locais no mundo inteiro e uma outra bem maior foi anunciada semanas antes do acontecimento num Encontro da RCC em Roma. Uma “profecia” foi proferida concernente a uma aparição que começaria dali a poucos dias nas Balcãs-Bósnia Herzegovina. Como foi prometido, Nossa Senhora teria aparecido na data marcada e desde então vem aparecendo quase que diariamente!

Obviamente que as supostas manifestações alegadas pelos Carismáticos e as supostas aparições reivindicadas pelos “videntes” de Medjugorje caem em duas categorias bem diferentes de fenômeno sobrenatural, mas a sobreposição entre os Carismáticos e os seguidores de Medjugorje é quase completa na descrição do autor do livro.

Os Carismáticos voam em bando para Medjugorje, apesar de a Igreja desencorajar tais peregrinações e apesar do julgamento do Bispo Diocesano, o qual declara que as supostas aparições não são autênticas de modo algum. Qualquer um deveria chegar à conclusão que um “espírito” que os leva a desobedecer a uma proibição explícita de Roma, bem como uma “Nossa Senhora” que leva os franciscanos encarregados da paróquia de Medjugorje, a menosprezarem as censuras de seu Bispo Diocesano por causa de suas atitudes pecaminosas, de forma alguma pode vir de Deus. Mas infelizmente, enquanto os “rosários” e outros souvenires continuarem se convertendo em ouro, ninguém parece estar muito preocupado com essas questões.

Ali “Nossa Senhora” supostamente estaria dando mensagens periódicas ao mundo. Mensagens que por mais estranho que pareça, são muito parecidas com as profecias proferidas pelos Carismáticos em seus grupos de oração. O conteúdo, nem precisamos mencionar, fica ao nível do primeiro grau de uma escola de Catecismo e o estilo normalmente é uma mistura de caráter sentimental. Mais abaixo apresentamos um paralelo entre dois exemplos:


Profecia Carismática:

“Meu povo, Eu coloquei o meu louvor em seus lábios. Ponham o meu louvor em cada situação de suas vidas e eu lhes mostrarei o poder do meu louvor, diz o Senhor! Meu povo, deem as costas para o mal, venham até mim. estejam no mundo, mas não sejam do mundo, honrem o Meu Filho e Eu lhes darei paz e contentamento, diz o Senhor! Mesmo se uma mulher esquecesse o filho que ela gerou, eu não me esqueceria de vocês. Seu nome está escrito na palma de minha mão, diz o Senhor. Tragam-me os doentes, e eu os curarei, suas preocupações, e eu as dispersarei, seus fardos e eu os carregarei. Meu povo, eu quero vos libertar, diz o Senhor”. (Livro: O Carisma da Profecia — Andy O’Neill)

Mensagem de Medjugorje de 9 de maio de 1985:

Caros filhinhos! Vocês não sabem quantas graças Deus está derramando sobre vocês nesses dias em que o Espírito santo está agindo de modo especial. Vocês não querem avançar. Seus corações estão voltados para as coisas terrenas e vocês se mantêm ocupados por elas. Voltem seus corações para a oração e peçam para que o Espírito Santo seja derramado sobre vocês. Obrigado por terem respondido ao meu chamado. (Fr. René Laurentin — As Aparições de Medjugorje continuam).

As mentiras, o engano, a desobediência e o escândalo aberto por parte de membros do clero, que envolvem essa suposta aparição, deveriam ser sinais mais do que suficientes para convencer qualquer um de sua falsidade. A proibição de Roma no tocante às peregrinações e a decisão do Bispo diocesano sobre a autenticidade do fenômeno tem mantido os Católicos obedientes afastados de toda essa confusão. Mas ainda assim o povo vai em massa, aos milhares por ano, por causa dos chamados “bons frutos”, ou seja, as assim chamadas conversões, curas, milagres do sol etc..

A Fé Católica sempre ensinou que verdade e erro não se misturam, nem bem com o mal, nem verdade com falsidade. Como já foi dito antes, Satanás não se importa de maneira alguma se as pessoas resolvem seguir essa ou aquela peregrinação, orar mais e até se sentirem mais tocadas emocionalmente em relação a Deus ou à Virgem Maria, pelo contrário, ele até ajuda com os bilhetes do avião, desde que tudo isso contribua de algum modo para levá-los direto para o inferno no final das contas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário