sexta-feira, 11 de setembro de 2015

José, filho de David, não tenhas receio - Santo Efrém

José abraçava o Filho do Pai celeste
E servia-O como seu Deus.
Regozijava-se Nele como na própria bondade;
e reverenciava-O como o Justo por excelência 
Grande era a sua perplexidade!
«Como me é dado a mim,
ó Filho do Altíssimo, ter em Ti um filho?
Indispus-me contra a tua mãe,
e pensava repudiá-la.
Eu não sabia que no seu seio
havia um grande tesouro
que, na minha pobreza, repentinamente,
Me tornava rico.
O rei David nascera da minha estirpe
e cingira a coroa.
A que grande despojamento cheguei!
Em vez de rei, sou operário;
mas foi-me dada uma coroa
visto que no meu peito repousa
o Senhor de todas as coroas!»

Santo Efrem, ó Sírio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário