sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Respeita esta mesa santa na qual todos comungamos, São João Crisóstomo.

Quando vos digo que imiteis o Apóstolo Paulo, não quero dizer que ressusciteis os mortos e cureis os leprosos, mas antes que tenhais caridade. Tende o amor que animava S. Paulo, porque esta virtude é bem superior ao poder de fazer milagres. Onde há caridade, Deus Filho reina com Seu Pai e o Espírito Santo. Ele disse: «Onde estão dois ou três reunidos em meu nome, eu estou no meio deles». Gostar de estar juntos é a característica duma amizade forte e real.
Haverá pessoas tão miseráveis, direis vós, que não desejem ter Cristo no meio delas? Sim, nós próprios, meus filhos, O escorraçamos de entre nós, quando estamos em luta uns contra os outros. Replicar-me-eis: Que estás a dizer? Não vês que estamos reunidos em Seu nome, dentro das mesmas paredes, no edifício da mesma Igreja, atentos à voz do nosso Pastor? Sem a menor divisão, na unidade dos cânticos e das orações, escutando juntos o nosso Pastor? Onde está a discórdia?
Eu sei que estamos no mesmo redil e sob o mesmo pastor. Por isto mesmo, ainda choro mais amargamente. Porque se vós estais calmos e tranqüilos neste momento e, ao sair da igreja, este critica aquele; um injuria publicamente o outro; um tal é devorado pela inveja, o ciúme ou a avareza ; uns premeditam a vingança e outros a sensualidade, a duplicidade ou a fraude. Respeitai pois, respeitai esta mesa santa na qual todos comungamos; respeitai a Cristo imolado por nós.

São João Crisóstomo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário