terça-feira, 1 de setembro de 2015

Tornai-vos interiores - São Pedro Julião Eymard

Quereis ser santos? Tornai-vos interiores. Sois a isto obrigados por vossa vocação adoradora; como pretendeis orar sem este espírito interior? Se não podeis passar um instante sem livro na presença de Nosso Senhor, se nada Lhe sabeis dizer de vosso coração, que vindes fazer aos seus pés? Que tristeza, nunca falar por si mesmo e andar sempre pedindo emprestado pensamentos e palavras dos outros!
Oh! trabalhai para vos tornardes interiores. Não é possível, de certo, ser tanto quanto Jesus e Maria, porém cada qual poderá conseguir o grau que lhe proporcionam sua graça e sua virtude. Sem isto jamais recebereis consolações nem incentivo, e vos sentireis infelizes na adoração.
Para ser adorador é necessário ser interior, saber conversar no genuflexório, consultar Nosso Senhor e esperar sua resposta; é preciso, em resumo, gozar de Deus. Devemos nos sentir felizes em sua companhia, felizes em seu serviço; precisamos gozar de sua intimidade tão suave e tão animadora!
Mas, para atingir o Coração e o amor de Jesus, é mister que a alma seja interior. E o que é isto, afinal? É amar bastante, de modo a poder conversar e viver com Jesus; porém não se faz Ele ouvir pelos nossos ouvidos naturais, nem se deixa ver pelos nossos olhos do corpo; fala somente à alma recolhida. Jesus no Santíssimo Sacramento é todo interior; não penetra mais os corações com o seu olhar como durante sua vida mortal, vai diretamente à alma para lhe falar em segredo. Quando vossa alma não se expande em sua presença é porque Ele não atua sobre ela; existe algum obstáculo entre ela e Jesus.
Ah! que não deixe de ser verdadeira a palavra de Nosso Senhor. Disse Ele que seu jugo é suave e o seu fardo leve; mas isto somente para quem vive de oração e de vida interior; do contrário, tornar-se-á pesado e enfadonho. Quando não somos interiores, tudo se ressente em nossa vida. Oh! como eu desejaria que se cumprisse em vós esta sentença tão perfeitamente realizada na Santíssima Virgem: "O reino de Deus está dentro de vós", reino de virtudes, de amor e de graças interiores, pelo qual começareis a ser adoradores e santos!
A erva dos campos morre todos os anos porque não tem raízes profundas, mas o carvalho, a oliveira e o cedro não morrem, porque as suas raízes penetram o seio da terra. Para perseverar, para ser forte, é mister descer até o fundo de si mesmo, cavar até atingir o próprio nada; é aí que se encontra Jesus, que também se aniquilou: exinanivit. E foi também aí que Maria O encontrou. Oh! que esta perfeita mãe da vida interior vos faça viver, a seu exemplo, em Jesus, e n'Ele permanecer eternamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário