terça-feira, 6 de outubro de 2015

O símbolo de Santo Atanásio.

Quem quer salvar-se deve, antes de tudo, professar a fé católica.
Pois se alguém a não professar, integral e inviolavelmente, é certo que se perderá por toda a eternidade.
A fé católica consiste, porém, em venerar um só Deus na Trindade, e a Trindade na unidade, sem confundir as pessoas nem separar a substância; pois uma é a pessoa do Pai, outra a do Filho, outra a do Espírito Santo;
Mas uma é a divindade, igual a glória, co-eterna a majestade do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
Qual o Pai, tal o Filho, tal o Espírito Santo;
incriado é o Pai, incriado o Filho, incriado o Espírito Santo;
imenso é o Pai, imenso o Filho, imenso o Espírito Santo;
eterno é o Pai, eterno o Filho, eterno e Espírito Santo;
e, no entanto, não há três eternos, mas um só eterno; como não há três incriados nem três imensos, mas um só incriado e um só imenso;
assim também o Pai é onipotente, o Filho é onipotente, o Espírito Santo é onipotente; e no entanto não há três onipotentes, mas um só onipotente.
Como o Pai é Deus, assim o Filho é Deus, [e] o Espírito Santo é Deus; e no entanto não há três deuses, mas um só Deus.
Como o Pai é Senhor, assim o Filho é Senhor, o Espírito Santo é Senhor; e no entanto não há três senhores, mas um só Senhor.
Porquanto, assim como a verdade cristã nos manda confessar que cada pessoa, tomada separadamente, é Deus e Senhor, assim também nos proíbe a religião católica dizer que são três deuses ou três senhores

Nenhum comentário:

Postar um comentário