quinta-feira, 21 de julho de 2016

Santo Agostinho


"O amor desordenado de si mesmo tende a destruição do amor de Deus e do próximo na nossa alma e atinge este fim 
quando conduz ao pecado mortal."

Nenhum comentário:

Postar um comentário